Esperando Godot

Ontem fomos ao Teatro Oficina Uzyna Uzona conferir a montagem de Esperando Godot, que ficará em cartaz até 19 de junho. Foi uma enxurrada sensorial sem igual. A começar pelo teatro, projeto de Lina Bo Bardi e Edson Elito. Um espaço inspirado e inspirador, tão distante quanto possível dos auditórios a que estamos acostumados...

O nome da rosa

Publicado em 1980, com tiragem inicial relativamente modesta (15 mil exemplares – afinal, quem iria se interessar pelo romance medieval de um acadêmico italiano?) O nome da rosa havia vendido mais de 50 milhões de cópias em 2022, quando Umberto Eco faria 90 anos*. O êxito comercial de um livro tão erudito é prova...

Van Gogh – A vida

Em 2022, a bela tradução de Denise Bottmann para a Companhia das Letras desta monumental biografia de Van Gogh completa dez anos. O minucioso trabalho de pesquisa de Steven Naifeh e Gregory White Smith, totalizando 1025 páginas mais dois encartes de imagens e extensa bibliografia, nos apresenta à figura de um homem que se desprendeu de...

Melhores de 2021

Seguem as listas de melhores leituras deste pesadíssimo ano de 2021, que já vai tarde. Mais do que nunca, a literatura se provou um remédio e uma companheira, e felizmente hoje podemos compartilhar com vocês alguns dos tesouros coletados nestes últimos 365 dias: Natasha:・Poesia 2006-2014 – Louise Gluck・Correio literário – Wislawa Szymborska・Atlas – Jorge...

Into the wild

Em junho de 2020, o “magic bus” que serviu de base e abrigo a Chris McCandless foi removido das imediações da Stampede Trail pelo governo do Alaska e levado a um destino sigiloso. De acordo com as autoridades, os fãs do famoso aventureiro Alex Supertramp estavam, em suas peregrinações até o ônibus 142, correndo...

A extinção das abelhas

Não tenho dúvidas de que estamos testemunhando o colapso da civilização ocidental. Uso o termo “ocidental” para me referir à sociedade que aderiu febrilmente ao tipo de consumo imposto em escala global depois das grandes guerras do século 20 (e é claro que isso inclui a China, apesar da evidente atopia). Uso também o...

O professor polvo

Eu e meu pai sempre assistimos à temporada de premiações para comentar nossos favoritos e nossas impressões, compilando títulos para serem conferidos no decorrer do ano. Quando eu morava com ele, até mais ou menos meus 19 anos de idade, assistíamos a algumas cerimônias juntos – ou pelo menos ao começo delas, já que...