Longa pétala de mar

Quando estivemos no Chile, em junho de 2019, o mais recente lançamento de Isabel Allende, Largo pétalo de mar, estava sendo divulgado com força total em todas as muitas livrarias que visitamos. Lembro que esse fato chamou nossa atenção, porque não é comum que, no Brasil, as livrarias divulguem como o carro chefe de...

Amares

Quando estive em Montevideo, capital do Uruguai e cidade natal de Eduardo Galeano, a presença do maior escritor desse país era notável no dia a dia dos uruguaios. Em uma visita ao Museo de La Casa de Gobierno, o segurança puxou conversa com a gente, e percebendo que éramos brasileiros, logo começou a falar...

O quinze

“Dia a dia, com forças que iam minguando, a miséria escalavrava mais a cara sórdida, e mais fortemente os feria com a sua garra desapiedada. Só talvez por um milagre iam aguentando tanta fome, tanta sede, tanto sol.” (p, 71) Em meados de 1929, Rachel de Queiroz, uma mulher de 19 anos nascida em...

J. R. R. Tolkien – Uma biografia

“O próprio Tolkien não era inteiramente favorável a biografias, ou, melhor dizendo, não gostava que fossem usadas como forma de crítica literária. ‘Uma das minhas opiniões mais veementes’, escreveu certa vez, ‘é de que a investigação da biografia de um autor é um abordagem inteiramente vã e falsa de suas obras.’” (p. 7) Logo...

O filho eterno

“(…) Em nenhum momento, ao longo de mais de vinte anos, a síndrome de Down entrará no seu texto. Esse é um problema seu, ele se repete, não dos outros, e você terá de resolvê-lo sozinho. Fala muito em voz alta, e ri bastante — não será derrotado pela vergonha de seu filho, ainda...

Cheiro de goiaba

Este belo livro de conversas entre Gabriel García Márquez e seu amigo, o jornalista e escritor colombiano Plinio Apuleyo Mendoza, é uma janela refrescante para a obra de Gabo e, também, para suas visões sobre família, amizade, fama e política. Recomendamos a leitura e copiamos aqui nossos trechos preferidos: “Minha lembrança mais viva e...

Running with scissors

A vida é generosa ao mostrar que a realidade pode ser, muito constantemente, mais estranha que a ficção. Antes dos grandes telescópios, por exemplo, nem o mais criativo ficcionista teria inventado uma história em que bilhões e bilhões de estrelas em obstinada viagem pelo misterioso cosmo seriam o palco da tragédia humana. Palmo a...

O pintassilgo

“Porque — e se aquele pintassilgo em particular (e ele é muito particular) jamais tivesse sido capturado ou nascido em cativeiro, exposto em alguma casa onde o pintor pudesse vê-lo? Nunca se entenderá por que ele foi forçado a viver em tal miséria — desconcertado pelo barulho (como imagino), afligido por fumaça, cães latindo,...

A volta do gato preto

Eu poderia transcrever páginas e páginas (além de primorosamente bem escrito, o livro é uma aula de história norte-americana), mas selecionei só o trecho abaixo porque o Luís Fernando é tão tão tão fofo! Erico morou nos Estados Unidos durante os meses finais da Segunda Guerra, a pedido do Departamento de Estado americano, dando...

Tudo é eventual

“Contos são artefatos: não coisas feitas, criadas por nós (e pelas quais possamos receber créditos), mas objetos preexistentes que desencavamos.” (Prefácio ao conto Tudo é eventual, p. 215) Esta coletânea de contos, publicada originalmente em 2002, começa com uma história baseada numa ideia que talvez seja universalmente aterrorizante: estar deitado, totalmente consciente porém paralisado,...