Bacurau

Crítica social, ficção científica, terror-faroeste, distopia cabocla: thriller nordestino de difícil classificação, também pode ser lido como uma sátira e como uma homenagem a grandes tradições do cinema, já que há detalhes remissivos plantados aqui e ali durante toda a projeção. A montagem com aquelas transições wipe, por exemplo, tão estranhas num primeiro momento,...

Matadouro-cinco

– Foi necessária – disse Rumford a Billy, referindo-se à destruição de Dresden.– Eu sei – retrucou Billy.– A guerra é assim.– Eu sei. Não estou reclamando.– Deve ter sido um inferno para quem estava em solo.– Foi. – Confirmou Billy Pilgrim.– Tenha piedade de quem precisou fazer isso.– Eu tenho.– Você deve ter...

O homem do castelo alto

A chave para se decifrar O homem do castelo alto, publicado originalmente em 1962 pelo norte-americano Philip Kindred Dick (mais conhecido como Philip K. Dick ou, para os fãs de carteirinha, PKD) é, de maneira muito borgiana, um livro inscrito no próprio livro. Para não dizer mais que isso e estragar uma surpresa literária...

Interstellar

Há pouca diferença entre música e silêncio cósmico, se apenas o assombro for levado em conta. Certas vibrações que nos alcançam os ouvidos podem ser tão emocionantes quanto a ideia da ausência total de vibrações: talvez, o vasto reino do absoluto vácuo interestelar se irmane na poesia com o vasto reino da absoluta musicalidade...

Máquinas como eu – e gente como vocês

“Esses vinte e cinco homens e mulheres artificiais postos no mundo não estão se dando bem. Talvez estejamos confrontando uma condição fronteiriça, uma limitação que nos impusemos.  Criamos uma máquina com inteligência e autoconsciência para jogá-la em nosso mundo imperfeito. Desenvolvidas em geral seguindo linhas racionais, benevolentes com relação aos outros seres, tais mentes...

Laranja Mecânica

Laranja Mecânica é daquelas obras de arte que extrapolam os limites de gênero e mesmo da ficção para se tornar ícones culturais absolutos. Suas referências se espalham de maneira a serem reconhecidas por pessoas que nem tiveram contato com a obra, e o próprio título, esquisito e provocador, ecoa em regiões da cultura que...

O fim da eternidade

— Grande Tempo! – murmurou Cooper. — Mas isso não é nada. Alguns Eternos já passaram do Século 150.000. — E como é lá? — Diferente de tudo — respondeu Harlan, taciturnamente. — Muitas formas de vida, mas nenhuma humana. O homem desapareceu. — Morto? Dizimado? — Não sei e ninguém sabe exatamente. Neste...

Literatura e ciência na Flip 2019

De Paraty, por Caio Lima É provável que a Flip (Festa Literária Internacional de Paraty) jamais tenha abordado ou entregue à ciência a maior parcela do evento como o fez em 2019. Existe uma força basilar, uma ideia geral que enquadra a literatura como consumível, intelectual ou diletante; por outro lado, raramente houve exercícios...