Livrarias em Santiago do Chile

Nosso passeio por Santiago foi cheio de livrarias. Na cidade, é possível encontrar uma grande concentração delas por metro quadrado – em todo lugar que nós passávamos, encontrávamos alguma!

As primeiras que visitamos ficam no shopping Costanera Center, o maior shopping da cidade, que fica no bairro de Providencia. Logo na entrada, demos de cara com a livraria Antartica. Essa é uma rede de livrarias, que tem lojas presentes em todo o território chileno, e vale super a pena entrar, caso esteja passando por lá.

Lá compramos uma edição linda de Poema de Chile, da Gabriela Mistral, sobre a qual já falamos aqui no blog! Foi lá também que encontramos um grande cartaz divulgando o novo livro da Isabel Allende, e também já tem post aqui sobre essa escritora incrível!

Ainda no Costanera Center, tem também a Feria Chilena del Libro. Ela é menor do que a Antartica, mas não fica atrás no acervo, pelo contrário, encontramos umas edições incríveis do Roberto Bolaño lá, e só não compramos tudo por motivos de: $$$$$.

Compramos um livro de entrevistas com o autor (inclusive já lemos e falamos sobre ele!) Mas passamos vontade e acabamos não levando essa edição da poesia reunida de Bolaño (que era um calhamação e provavelmente ocuparia o espaço de duas calças jeans, by the way)

Para além dos shopping, Santiago também tem muitas livrarias de rua. Em nossas andanças por Providencia, encontramos a Takk, que fica do lado de um restaurante italiano maravilhoso (chamado Los Insaciables), que serve o melhor molho de tomate com ricota e o melhor Alfredo do mundo!

Essa livraria é bem menor, e algumas vezes sua organização lembra até um sebo, já que temos que garimpar bastante para encontrar algumas preciosidades… e encontramos mesmo! Lá achamos dois autores chilenos que não conhecíamos: Cristóbal Joannon (autor de Sobre mi cadaver) e José Donoso (autor de Coronación).

Também em Providencia, dessa vez na avenida Providencia, encontramos outras duas livrarias bem lindinhas: a Post e a Bookland.

Nessas não compramos nada, até porque já tínhamos enchido a mala com o belo box da poesia de Pablo Neruda em nossa visita à La Chascona, mas a visita vale a pena! 🙂

Sou graduada em Letras e mestranda em Linguística (Unicamp) - Sociolinguística, mais especificamente. Sou professora de inglês, flamenguista nascida e criada em Campinas (SP), que adora fazer mala e viajar, mas odeia desfazer. Capricorniana… até demais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *